Fitoterapia e Dietética Chinesa

A Fitoterapia e Dietética chinesa baseia-se na utilização do alimento dentro de uma perspectiva energético-terapêutica. Desde a antiguidade, na China, este tipo de terapia acompanha todo e qualquer tipo de tratamento, visto que toda a sua ação baseia-se nos efeitos esperados nos canais de energia(Meridianos) afetados.

Normalmente são indicações complementares à outras técnicas orientais e podem ser indicadas para os mais diversos tipos de síndromes, como por exemplo, dores de cabeça, problemas menstruais, impotência, gastrite, inchaços, asma, hemorragias, prisão de ventre, depressão, stress, rinite, sinusite, diarréia, problemas digestivos, inflamações, dores musculares, contusões, enxaquecas, reumatismo, artrites, dentre outros e ainda pode ser utilizada também como tratamento preventivo para pessoas que manifestem tendências à determinadas síndromes.

Se apresenta em forma vegetal, mineral e animal. Na fitoterapia pode ser indicada por decocção, pó, pílulas, bolas, extratos fluidos, extratos secos, ungüentos, emplastros, xaropes, liquores, vinhos, moxas e injetáveis. Na dietética pode ser utilizado como sopas, sucos, cozidos, ou ingredientes moídos, raspados, macerados à se acrescentar às refeições.

Ao contrário do que se pensa, essas técnicas não buscam o princípio ativo e sim o princípio energético para se atingir resultados.

Contra-indicado à pessoas alérgicas, mulheres grávidas, deve ser cuidadosamente indicado pois existem ervas que conflitam entre si e com outros alimentos como carnes, peixes, verduras, leite, açúcar, etc.

A seleção do tratamento se faz diferentemente para cada indivíduo, dentro do padrão de desarmonia em que este se encontre. Portanto, o mesmo tratamento não será feito igualmente para duas pessoas que cheguem juntas com o mesmo problema. O indivíduo é sempre analisado personalizadamente e assim se torna o seu tratamento. O uso adequado da alimentação do indivíduo fará desse hábito o seu processo de reversão do problema e a prevenção contra a  volta do padrão  de desarmonia.